Gênero: Queer

Ícone

Tango Queer em Buenos Aires

Um dos dias mais emocionantes de uma viagem que fiz a Buenos Aires em Julho/Agosto de 2010 foi uma noite gelada de terça-feira na qual fomos ao bairro San Telmo  assistir ao Tango Queer. Era uma milonga com poucas pessoas, e a maioria estava no salão dançando. Não era um lugar nada turístico, pelo visto. Bem diferente dos grande shows de tango dos quais eu queria fugir, esse era intimista, baratinho e tinha a empanada de carne mais gostosa que eu comi por lá.

Foi tudo lindo. Senhorezinhos com suspensórios e boinas, que bem podiam ser vistos em qualquer parte da província, dançavam juntos. Tinham rapazes que iam com as namoradas que aprendiam a serem guiados pela professora (a fazer o papel tradicionalmente feminino do tango) e namoradas que aprendiam a guiar. Haviam mulheres que dançavam juntas. Senhoras, jovens. Homens jovens e velhos. Não importava a sexualidade, não era um tango gay, mas um tango queer.

Era um ambiente a meia luz, com aquela forma subversiva de se dançar no salão. Parecia um sonho.

Como os brasileiros estão aproveitando para ir à terrinha porteña, devido aos baixos preços, recomendo bastante.

Cheguem cedo, porque acaba cedo.

Maiores informações:

http://www.tangoqueer.com

 

Filed under: Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s